Como aumentar o tráfego de uma loja virtual e atrair as visitas para uma loja física

Você sabe como aumentar o tráfego de uma loja virtual? A transformação digital trouxe ferramentas que criam uma "motorização" capaz de buscar o estoque físico e levar para as buscas do Google, como em uma vitrine virtual, com a vantagem da georreferencia da loja, beneficiando o fluxo da loja física.


Expor no online aumenta as visitas à loja física

Introdução

A princípio, é possível aumentar a presença online, além de ampliar as compras na loja física. Esse resultado se encontra nas novas soluções que o próprio mercado varejista deseja, refletido pela evolução da transformação digital e nas recentes pesquisas por segmento.

O varejo brasileiro vem retomando os resultados do período pré-pandemia. Sabemos dos desafios que o período trouxe para o segmento. Temos que considerar também que houve uma aceleração da digitalização e o surgimento de soluções para que o lojista pudesse superar o momento e pagar as contas.

Entre as tendências da transformação digital, estão opções que integram o estoque físico e levam para vários canais de venda na internet. Além disso, soluções como esta é voltada para lojas que desejam criar campanhas de seus produtos no próprio buscador do Google, por exemplo, e para varejistas que desejam criar um canal de divulgação.

Há também a possibilidade de aumentar as ligações vindas de pessoas que encontraram a loja por meio do buscador e aumentar as visualizações das fotos dos produtos, disponibilizadas pelo sistema de conexão. Ou seja, contribui para o aumento de vendas.

Vamos falar sobre como é possível aumentar o tráfego de uma loja virtual e ao mesmo tempo atrair as visitas para uma loja física. Vamos passar por alguns tópicos:

  • Comércio varejista mostra crescimento

  • Como os números demonstram a recuperação do varejo

  • Varejo: Como ampliar a presença no online e trazer o cliente para o off-line?

  • Como anúncios on-line geram fluxo na loja física?

  • Vitrine virtual: Como se destacar na sua região de atuação com a georreferência

  • Cliente em primeiro lugar

  • Técnicas de fidelização para o varejo

  • Napp Solutions ajuda o varejo a fidelizar o cliente

  • Vantagens para o mercado

  • Potencial de vendas de um showroom físico


Estamos em 2022: Comércio varejista mostra crescimento

Em maio de 2022, o volume de vendas do comércio varejista variou 0,1%, frente a abril, na série com ajuste sazonal. Foi o quinto mês consecutivo no campo positivo. As informações são da Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Serviços e Comércio, divulgados em julho de 2022.

Para se ter uma melhor compreensão de alguns segmentos, o agrupamento de Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, por exemplo, teve crescimento de 9,2% nas vendas frente a maio de 2021, sétimo mês consecutivo de alta (o último resultado no campo negativo havia sido outubro, com -0,2%).

Até maio de 2022, o setor acumula 7,9%, patamar similar ao acumulado até abril (7,6%), indicando manutenção do ritmo de crescimento do setor. Nos últimos 12 meses, o acumulado até maio fechou em 6,5%, o menor patamar para este indicador desde agosto de 2020 (6,2%).


Fluxo de visitação: Como os números demonstram a recuperação do varejo

De acordo com dados do Índice de Performance do Varejo (IPV), realizado pela HiPartners e chancelados pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e 4Intelligence, depois de começar 2022 com mais de 45% abaixo do mesmo mês de 2019, o fluxo de consumidores nas lojas de rua fechou junho com 29,2% abaixo da comparação com três anos atrás. Já nos shopping centers, houve redução de 39,84% para 26%. Foi no final de julho de 2022 que divulgaram os números.

Isso representa um dado positivo. O fluxo de consumidores vem crescendo desde o início do ano, reduzindo a distância dos índices pré-pandemia. A recuperação é crescente e deve acelerar no segundo semestre de 2022.

Em 2022, o fluxo de visitação na semana encerrada no Dia dos Namorados (média móvel 7 dias) foi maior, em média, em 23,9% para lojas de rua e 25,1% para as de shopping, na comparação com as outras semanas do mês. O resultado foi melhor que o visto para o período pré-pandêmico para lojas de shopping, quando a alta havia sido de 17,3%. Já o crescimento do fluxo nas lojas de rua ficou um pouco abaixo dos 26,8% registrados em 2019.


Varejo: Como ampliar a presença no online e trazer o cliente para o off-line?

Atenta às demandas do varejo, a Napp oferece tecnologias que são referências, pois auxiliam o comércio a se destacar em vários processos de digitalização.

Neste cenário, o O2O Plataform é voltado para lojas que desejam criar campanhas no buscador e para varejistas que desejam criar um canal de divulgação. É uma plataforma que a Napp desenvolveu em parceria com os engenheiros do Google.

É importante ressaltar que o O2O Plataform visa, acima de tudo, atender várias demandas do varejo de pequeno, médio e grande porte. Ele é capaz de aumentar a presença no online, além de ampliar o fluxo de pessoas comprando na loja física.

Há também a possibilidade de aumentar as ligações vindas de pessoas que encontraram a loja por meio do buscador e ajudam no aumento de visualizações das fotos dos produtos disponibilizadas pelo sistema de conexão. Ou seja, contribui para o aumento das vendas no varejo.


Campanhas potentes: Como anúncios on-line geram fluxo na loja física?

A plataforma O2O (online to offline), é utilizada para integração ao LIA, uma modalidade de anúncios digitais de produtos voltada para lojas que desejam criar campanhas de seus produtos no buscador.

Portanto, é uma solução para quem deseja um novo canal de divulgação para aumentar a presença online, além de ampliar as compras na loja física.

Como dito anteriormente, também tem como objetivo fazer crescer o número de ligações para o varejista, vindas de pessoas que encontraram a loja no Google. Sem contar o crescimento no número de visualizações das fotos dos produtos que são disponibilizadas pelo sistema de integração com o buscador.

Aliado a isso, é potencializado o atendimento personalizado, seja no ambiente on-line ou no off-line, que também faz toda a diferença. Todo mundo gosta de ser tratado de maneira especial e o cliente phygital mais ainda. Criar essa experiência linear, sem percalços ao longo do caminho, é o grande desafio para o varejo, o qual ajuda a garantir a tão desejada fidelização.

Ou seja, o lojista ainda tem a oportunidade de ir para o buscador do Google e atingir o mesmo patamar de grandes marcas no mundo digital.


Vitrine virtual: Como se destacar na sua região de atuação com a georreferência

Como destacamos anteriormente, um dos grandes benefícios que a ferramenta O2O oferece aos varejistas está na oportunidade de ir para o buscador do Google e atingir o mesmo patamar de grandes marcas no mundo digital.

Resumindo, a tecnologia da ferramenta cria uma "motorização" capaz de buscar o estoque físico de qualquer lojista pequeno ou de médio porte e levar para as buscas do Google, apresentando os produtos em uma vitrine virtual, com a vantagem da georreferência da loja. Isso faz toda a diferença para que a loja física se torne um referencial dentro da sua região de atuação.

Por exemplo, se eu buscar no Google uma bola de basquete, o varejista vai poder entrar nas buscas com os grandes players do mercado e ter a vantagem da sua georreferência. O lojista poderá atender a sua região de maneira mais rápida.

Vale destacar, como dito anteriormente, que tem como objetivo fazer crescer o número de ligações para o varejista, vindas de pessoas que encontraram a loja no Google. Sem contar o crescimento no número de visualizações das fotos dos produtos, que o sistema de integração com o buscador disponibiliza.


Vantagens para todos os envolvidos - cliente em primeiro lugar

As soluções da Napp impactam o mercado e os consumidores finais. As vantagens são inúmeras, tanto para o cliente, quanto para o varejista. Isso porque o consumidor consegue pesquisar on-line e ir até a loja sabendo que vai encontrar o produto. Ou seja, evita enganos quando o cliente faz a compra de um produto que não há em estoque físico, ou seja, a solução integra o estoque atualizado, em tempo real, sobre o número de produtos disponíveis.

O consumidor ainda tem duas opções no próprio buscador: Ligar para a loja ou iniciar um deslocamento pelo Google Maps, destacando a localização mais próxima.

Toda essa logística se traduz em atendimento de melhor qualidade, com rapidez na hora da entrega, já que o “caminho” que o produto faz é muito mais ágil, pois ele é retirado do local mais próximo de onde o pedido foi gerado, ou seja, da sua região e localidade. É neste momento que podemos explicar em como a fidelização será importante neste processo de conquista do cliente e consumidor.


Técnicas de fidelização para o varejo

Quase todo mundo já sabe, mas muita gente não pratica: Bom preço e atendimento de qualidade. Duas das características mais positivas de uma boa loja, on-line ou off-line, que quando unidas, ajudam na fidelização do cliente. Mais do que isso é exigido pelo consumidor phygital (mistura do físico com o digital).

Tal cliente quer mais e para tanto, a empresa deve buscar um relacionamento mais íntimo, respeitoso, amigável e acima de tudo, eficiente. Além de ser bem atendido, o consumidor phygital quer encontrar o produto na loja física e também na virtual. Quer finalizar o pagamento de forma prática e com opções variadas. Quer escolher entre entrega rápida ou retirada na loja mais próxima, ou seja, esse cliente é omnichannel.

Sem contar no atendimento personalizado, seja no ambiente on-line ou no off-line, que também faz toda a diferença. Todo mundo gosta de ser tratado de maneira especial e o cliente phygital mais ainda. Criar essa experiência linear, sem percalços ao longo do caminho, é o grande desafio para o varejo, o qual ajuda a garantir a tão desejada fidelização.


Napp Solutions ajuda o varejo a fidelizar o cliente

Como sempre destacamos em nossos artigos do blog Napp, a omnicalidade, ou seja, vender em multicanais, contribui bastante no processo de fidelização dos clientes. A Napp Solutions tem a plataforma ideal para o varejo tornar-se omnichannel. Trata-se do Napp Hub, solução que garante eficiência de estoque e logística na venda on-line, além de agilidade na entrega.

O Napp Hub é ideal para qualquer varejista, que pode ser um franqueado, uma loja ou uma rede. Com uma prateleira infinita, ele não necessita ter tantos produtos em estoque no centro de distribuição. Mesmo assim, consegue tirar o pedido do franqueado e com isso, ter um giro mais rápido. Para o cliente, a diferença é sentida na entrega rápida, já que o produto fica mais próximo do consumidor, por conta da integração que a Napp executa.


Vantagens para o mercado

Se o consumidor é impactado de forma positiva, o mesmo se pode dizer sobre o varejista. O mercado pode criar campanhas de produtos das lojas físicas para o on-line, com oportunidades de negócios oferecidas para qualquer varejista. Especialmente àqueles que buscam novas tecnologias e ferramentas para assegurar a presença digital, além de levar seus estoques físicos à internet.


Vitrine virtual: Potencial de vendas de um showroom físico

Para entender do potencial é como se enxergássemos um showroom. Antes disso, é preciso compreender que o varejista não é somente uma loja neste processo de digitalização, especialmente quando ele está dentro da vitrine do Google.

Resumindo, o showroom acaba sendo um exemplo de como o consumidor enxerga o varejista em um espaço destinado aos mostruários, ou seja, a exibição e teste dos itens.

É neste momento que o consumidor tem a experiência de conhecer todas as opções de ter um estoque físico integrado ao Google e escolhe o que melhor se adapta a sua realidade.

Em loja física de showrooms, o cliente é atraído por vitrines incríveis e são envolvidos por uma experiência. A proposta de possuir um estoque físico integrado ao Google ou a qualquer outro canal de venda, ajuda a ampliar as sensações a partir da ambientação da vitrine virtual, onde o consumidor terá ideia de outros produtos e uma oportunidade de potencializar o aumento do tráfego de pessoas nas lojas físicas.

Em conclusão, para empreender na internet as oportunidades são inúmeras. Porém é muito importante compreender quais soluções se adequam melhor para o objetivo. Seja para criar o primeiro e-commerce ou começar a digitalização do seu estoque físico para vender na internet, ou, ainda, quais seriam as dicas para empreender com sucesso em marketplaces.

Por falar nisso, Marketplace é também um formato de venda on-line, no qual o site que vende não possui estoque, mas faz a intermediação dos produtos de varejistas. Esse conceito de negócio está revolucionando o universo dos negócios digitais.

Em outro artigo do blog Napp, explicamos um pouco sobre o assunto e as tecnologias que ajudam as empresas no processo de transformação digital, além de apresentar como o segmento varejista pode se beneficiar com o marketplace. Leia aqui.